Ícone do site Blog Aarin

Banco de Varejo: Descubra o que é, como funciona e as vantagens

banco de varejo

Já ouviu falar sobre banco de varejo? Esse conceito de serviços bancários ganha cada vez mais destaque por trazer inúmeras vantagens para os clientes e para os varejistas.

Na prática, ele funciona com as operações convencionais, como abertura de contas, por exemplo, mas tem processos menos burocráticos.

Ao longo deste conteúdo, vamos explicar de maneira mais detalhada o que é o banco de varejo, quais serviços ele oferece e também como ele funciona na prática.

Você ainda vai conferir as vantagens dessa instituição e descobrir como se tornar um banco de varejo para aproveitar todos os benefícios.

Pronto para entender mais sobre o assunto? Então continue a leitura do artigo com a gente e aproveite as informações compartilhadas!

Faça seu cadastro e comece a oferecer serviços financeiros para seus clientes agora mesmo! 

O que é banco de varejo?

O banco de varejo é uma instituição que oferece serviços financeiros diretamente para o consumidor final, ou seja, para pessoas físicas.

Muitas empresas varejistas têm agregado esses serviços ao seu escopo com o objetivo de oferecer soluções mais completas ao consumidor, assim como melhorar a experiência da jornada de compra.

Um bom exemplo disso é a Casas Bahia, que hoje disponibiliza um banco digital ao seu público: o BanQi

A instituição obteve autorização do Banco Central e já tem planos para oferecer até R$16 bilhões em crédito pessoal.

Quais são os serviços oferecidos por um banco de varejo?

O banco de varejo viabiliza o acesso aos serviços bancários tradicionais, como por exemplo:

Seguros, financiamentos, empréstimos pessoais e até mesmo hipotecas também estão entre as operações que podem ser realizadas pela instituição financeira.

A inclusão de soluções financeiras no portfólio de serviços de uma empresa que não tem o core business no mercado das finanças é conhecida como embedded finance.

É o caso das Casas Bahia, que usamos como exemplo logo no início deste conteúdo para explicar o que é o banco de varejo. 

Quando traduzido para o português, o termo “embedded finance” significa exatamente “finanças embutidas” ou “finanças incorporadas”. 

Nestes casos, as contas disponibilizadas pelos varejistas possibilitam que as pessoas físicas façam a administração de suas finanças de maneira mais prática. 

Vale lembrar ainda que os bancos são ótima fonte de crédito, o que pode ajudar muito nas situações de aperto ou facilitar uma compra de valor maior, como carros e imóveis.

Aliás, grande parte do lucro dos bancos de varejo vem exatamente dos juros praticados nas linhas de crédito disponibilizadas para os clientes.

Como um banco de varejo funciona?

O principal objetivo do banco de varejo é oferecer soluções financeiras de maneira direcionada, com opções completas e capazes de atender as necessidades do consumidor de maneira eficiente.

Dentre os serviços disponibilizados, a abertura de conta é o principal. Com ela, o cliente pode ter acesso a operações simples, como depósito e cartões de crédito ou débito para facilitar as compras.

Apesar de trabalhar com serviços bancários tradicionais, essas instituições têm processos menos burocráticos e muito mais vantajosos para o cliente.

Falaremos em breve sobre as vantagens do banco de varejo, mas antes vamos te explicar a diferença desse tipo de organização para os bancos de atacado.

Banco de varejo x Banco de atacado

A principal diferença entre um banco de varejo e um banco de atacado é o público atendido por cada instituição. Enquanto uma foca em pessoas físicas, outra atende pessoas jurídicas. 

No banco de varejo as soluções financeiras são disponibilizadas para pessoas físicas, já os bancos de atacado prestam serviços para pessoas jurídicas. 

Ou seja, o foco está voltado para clientes corporativos.

Grandes empresas, agências governamentais, instituições financeiras e outros bancos fazem parte do escopo atendido por essas organizações. 

Como o público é diferente, os serviços disponibilizados também são outros: conversão de moedas, financiamento do capital de giro e consultoria são alguns exemplos de operações realizadas pelo banco de atacado. 

Quais são as vantagens de um banco de varejo?

Agora que já entendemos a diferença entre banco de atacado e de varejo, chegou o momento de conhecer as vantagens do banco de varejo, foco deste conteúdo.

Vamos dividir em duas partes: benefícios para empresas e para os clientes. Afinal, os dois lados podem sair ganhando com esse tipo de instituição.

Além dos consumidores, os varejistas que decidem disponibilizar serviços financeiros ao público também podem garantir inúmeras vantagens para o seu negócio. 

Confira a seguir como o banco de varejo pode facilitar o seu dia a dia. 

Para as empresas

Empresas varejistas que decidem incluir os serviços financeiros em seu negócio, como fez as Casas Bahia, podem ter os seguintes benefícios com o banco de varejo:

Para os clientes

É claro que os clientes também são muito beneficiados pelo banco de varejo. Já falamos sobre a redução da burocracia nos processos, mas você ainda tem muitas outras vantagens.

Veja quais são os principais benefícios para os consumidores:

O que esperar dos bancos de varejo nos próximos anos?

O fato dos bancos de varejo serem estruturados com base no conceito de embedded finance tem impulsionado o crescimento desse mercado, que tende a continuar em alta nos próximos anos.

Isso porque a possibilidade de oferecer sistemas financeiros em empresas que não tem relação direta com o setor auxilia na democratização das operações, principalmente para a população de baixa renda.

Com mais clientes tendo acesso a serviços como transações financeiras e crédito pessoal, a movimentação do mercado financeiro é aquecida. 

Esse é um ótimo cenário, tanto para empresas como para o consumidor final. Ou seja, todo mundo sai ganhando. 

Além disso, vale destacar que os varejistas se preocupam cada vez mais com a satisfação dos clientes. 

Hoje, uma boa experiência influencia muito mais na decisão de compra do que preços baixos, por exemplo.

Prova disso é a pesquisa feita pela RightNow: segundo os dados, 86% dos consumidores entrevistados estão dispostos a pagar até 25% a mais pelo produto ou serviço para ter um atendimento melhor.

Esse cuidado com a experiência ajuda não só a captar novos clientes, mas também a construir a fidelidade da marca e os bancos de varejo podem ser grandes aliados nesse contexto.

Outro ponto que vem impulsionando esse movimento crescente é a migração para bancos digitais, que são mais práticos, baratos e oferecem benefícios diferenciados. 

Com a pandemia, ter acesso a serviços bancários online fez toda a diferença e as instituições que conseguiram entregar uma boa experiência, cresceram junto com o fluxo favorável.

Por todos esses motivos, a expectativa para os próximos anos é que os bancos de varejo sigam crescendo e ganhem cada vez mais espaço no mercado, principalmente como alternativa de contas digitais.

Como se tornar um banco de varejo?

Deu para perceber que as projeções para os bancos de varejo são altamente favoráveis, então que tal sair na frente dos concorrentes e se destacar no mercado?

Se tornar um banco de varejo é um processo mais simples do que parece, mas é necessário planejamento e apoio de uma plataforma especializada.

Antes de te contarmos como se tornar um banco de varejo, vamos explicar rapidamente o conceito de fintech as a service. 

Também conhecidas como banking as a service, essas instituições são startups especializadas em tecnologia bancária que atuam com o objetivo de ajudar outras empresas na implementação de serviços financeiros dentro do negócio atual. 

São elas que vão te ajudar, de maneira prática e rápida, a se tornar um banco de varejo e assim ampliar o seu portfólio de produtos e serviços. 

Com isso, você pode aproveitar todos aqueles benefícios que compartilhamos por aqui, como maior lucratividade, retenção de clientes e reconhecimento da marca, por exemplo.

Esse tipo de solução é disponibilizada por empresas como a Aarin Tech Fin, que é o primeiro hub tech-fin especializado em Pix e Open Banking no Brasil. 

Vamos te contar mais sobre como a empresa pode te ajudar com o serviço de banco de varejo a seguir, então siga a leitura com a gente.

Como a Aarin pode te ajudar?

Bom, você já sabe que a Aarin é o primeiro hub tech-fin com base em Pix e Open Banking no país, mas a empresa pode te ajudar a oferecer serviços financeiros muito mais completos para os seus clientes. 

Para isso, a empresa permite que você personalize o sistema da maneira que preferir, seguindo as necessidades do público-alvo do seu negócio.

Veja algumas soluções que você encontra na Aarin:

Isso tudo sem contar os serviços de Open Banking, que permitem o compartilhamento de dados entre as instituições financeiras, facilitando transações em diferentes bancos através de uma mesma conta.

Vale destacar que, independente da operação, existem sistemas de segurança para proteger os dados pessoais e financeiros dos clientes. 

Outro ponto interessante de ressaltar é a facilidade garantida para os seus consumidores e a possibilidade de atingir novas pessoas ao ampliar o seu portfólio de produtos e serviços.

Para as empresas, isso é uma excelente estratégia para aumentar o reconhecimento da marca e se destacar no mercado.

Faça seu cadastro e comece a oferecer serviços financeiros para seus clientes agora mesmo! 

Conclusão

Sem dúvidas o banco de varejo é uma tendência que chegou para inovar o mercado e ainda vai se destacar muito como opção de serviço bancário.

Trazendo inúmeros benefícios para o varejista e para o cliente, esse sistema permite acoplar aqueles serviços que você já conhece, como depósito, cartões de crédito e débito, e abertura de conta, em empresas que não fazem parte direta do mercado financeiro.

Além de desburocratizar processos para os clientes, isso possibilita ampliar o portfólio de soluções oferecidas pelo seu negócio.

Como consequência, você tem as chances de atingir novos públicos e otimizar a retenção de consumidores, disponibilizando experiências cada vez mais práticas, completas e eficientes.

Para quem quer se tornar um banco de varejo, é importante contar com uma empresa especializada neste segmento, como a Aarin Tech Fin.

Aqui você encontra um hub tech-fin baseado em Pix e Open Banking, permitindo que você ofereça serviços financeiros aos seus clientes de maneira totalmente personalizada. 

Tudo isso para manter o seu negócio sempre atualizado e também para impulsionar cada vez mais o crescimento da empresa. 

Não deixe de conferir as soluções da Aarin para entender como podemos te ajudar a incluir os serviços financeiros em seu portfólio!

Sair da versão mobile