White Label | O que é White Label e como usar no meu modelo de negócio

[responsivevoice_button voice=”Brazilian Portuguese Female” buttontext=”Escute o artigo”]

White Label é um termo da década de 80 usado para denominar “faixas brancas” musicais que podiam ser usadas para produção de diferentes CDs e singles. Mas afinal, como isso aparece hoje em dia no mundo dos negócios?

O que é White Label? 

White Label é um modelo de negócios no qual uma empresa cria uma solução tecnológica (plataforma, feature, etc) e a vende para que outra empresa possa utilizar com sua própria marca. 

Como funciona? 

White Label é como se fosse um pacote pronto. Imagine que você quer montar uma loja virtual para vender seus produtos. E para isso existem custos de web design, programação, tempo, etc.

Você analisa e vê que o tempo que passaria desenvolvendo seria melhor investido na sua área comercial para alavancar os resultados. Então, uma empresa lhe faz uma proposta de lhe entregar um modelo de e-commerce pronto, em que você só precisa imprimir sua identidade visual para usá-lo .

Assim, você consegue focar nos seus clientes, enquanto a outra empresa arca com a infraestrutura, suporte e desenvolvimento. 

Além disso, lhe garante uma aplicação ágil, com menor risco técnico de implementação, suporte, lhe garantindo portanto uma maior escalabilidade. Bom demais, né?

Como posso aplicar White Label no meu negócio? 

Você pode utilizar o modelo seja através da criação ou contratação da já citada plataforma de loja virtual, desenvolvimento de aplicativos personalizados, hospedagem de sites na nuvem ou ainda com a otimização de processos e recursos.

Gateway de pagamento como White Label 

Gateway de pagamentos integrado

A chave é não ter que redirecionar seu cliente na hora do checkout. Muitas vezes o cliente segue todo os processo de compra na loja virtual: faz login, adiciona produtos no carrinho, informa os dados de entrega e justo na hora de finalizar o pagamento… ele é direcionado para outra página. 

Isso ocorre quando um e-commerce não tem um gateway de pagamento e precisa direcionar o consumidor para uma plataforma específica para efetuar a cobrança. Você pode aprender mais sobre gateway neste artigo do nosso blog.

Um gateway de pagamento aumenta a taxa de conversão e diminui o custo operacional.

Manter seu cliente na sua loja enquanto faz o pagamento transmite maior segurança e praticidade, e você não tem que arcar com as taxas extras de outra plataforma. Por isso, é recomendável ter seu próprio gateway se você quer escalar o seu negócio.

A Aarin pode auxiliar na otimização do seu e-commerce com as soluções de gateway para o Pix! Acesse o site para fazer o seu cadastro e começar a aceitar o Pix agora mesmo.

Compartilhe este post

Leia também

Deixe uma resposta

Fale com a Aarin!

Preencha o formulário abaixo que entraremos em contato:

Mensagem enviada com sucesso!

Entraremos em contato em breve! 

A aarin utiliza cookies para tornar sua experiência aqui, mais prática e dinâmica. Ao navegar no site, você concorda com política de privacidade e cookies.

%d blogueiros gostam disto: