Gateway | A diferença entre Intermediador de pagamentos e Gateway

[responsivevoice_button voice=”Brazilian Portuguese Female” buttontext=”Escute o artigo”]

Usar um gateway em uma compra online é ter uma experiência de pagamento com integração acessível e baixo custo. Mas você sabe o que é um gateway ? Qual a diferença dele para um intermediador de pagamentos qualquer? 

Pagamento em aprovação, o que acontece?

Desde o momento da compra até a confirmação de pagamento, existe uma rede de verificações entre, banco, site, provedor de cartão e afins.

Depois que o cliente finaliza a compra no site ou loja virtual, bem provavelmente ele receberá uma mensagem de confirmação de compra ou e-mail o informando que a compra foi efetuada e que seu pagamento será processado e então só depois, confirmado ou aprovado.

Tempo de aprovação baixo

O objetivo é reduzir o período de desistência da compra. Essa “espera” é o momento em que existe uma troca de informações entre a loja virtual, as operadoras de cartão e aos bancos, para que sejam repassados os dados do cliente, checagem de saldo e conferência da existência de alguma restrição ou fraude.

É justamente dentro de todo este processo que os gateways e intermediadores de pagamentos se diferenciam.

No que um gateway difere de um simples intermediador de pagamento?

Integração via Gateway

Podemos considerar o Gateway uma versão moderna de intermediador, que reduz as possibilidades de atrito entre cliente e compra.

Ao mesmo tempo que ambos exercem o mesmo papel de garantir a comunicação transacional e digital entre a loja virtual, adquirentes e o banco e o cliente, o gateway pode reduzir esse tempo de espera de maneira escalada, além de passar mais segurança na experiência do consumidor.

Estes fatores podem ser decisivos para que o cliente não abandone o carrinho e de fato finalize a sua operação, no ato da compra.

O que o Gateway consegue garantir:

  1. Checkout transparente
  2. Maior taxa de conversão 
  3. Dinheiro direto na conta

Checkout transparente e maior taxa de conversão:

Enquanto com um gateway, toda a operação e finalização é feita rapidamente dentro mesmo da sua loja virtual, utilizando um intermediador de pagamento, ao comprar na sua loja virtual, o seu cliente será redirecionado para outra página onde ali sim completará a compra com seus dados de pagamento.

Estamos falando de uma taxa de conversão muito maior por uma taxa de abandono de carrinho menor e maior confiança do seu cliente em relação ao seu sistema de pagamento, com um checkout transparente.

Seu dinheiro direto na sua conta:

Pagamentos ecommerce

O gateway acelera o processo e coloca o dinheiro do cliente na sua conta mais rápido.

Essa também será uma experiência diferente para a sua empresa a depender da escolha que faça entre as duas modalidades de provedores de pagamento.

Intermediadores de pagamento recebem o seu dinheiro e então te repassam ou disponibilizam para que você o resgate da conta deles para a sua conta.

Gateways, fazem a ligação entre todas as entidades, fazendo com o que o dinheiro do cliente entre direto na conta da loja virtual, sem mais outra interferência ou redirecionamento.

Claro que cada modalidade tem seu lado e seus motivos para existir. Para ter uma loja virtual mais confiável, com mais segurança financeira ou menos burocrática.

A Aarin pode auxiliar na otimização do seu e-commerce com as soluções de gateway para o Pix! Acesse o site para fazer o seu cadastro e começar a aceitar o Pix agora mesmo.

Compartilhe este post

Leia também

Deixe uma resposta

Fale com a Aarin!

Preencha o formulário abaixo que entraremos em contato:

Mensagem enviada com sucesso!

Entraremos em contato em breve! 

A aarin utiliza cookies para tornar sua experiência aqui, mais prática e dinâmica. Ao navegar no site, você concorda com política de privacidade e cookies.

%d blogueiros gostam disto: