Ícone do site Blog Aarin

Open X: Entenda a descentralização do mercado financeiro

open x

A fase de inovação do mercado financeiro não é novidade para ninguém, mas muitos conceitos ainda geram dúvidas em meio a tantas mudanças. Um deles é o Open X.

O Open X faz parte de todas essas transformações e representa a evolução das instituições depois do Open Banking. 

É uma nova era do setor, que visa a integração e a colaboração entre diferentes empresas com o objetivo de inovar os serviços ofertados. 

Quer saber mais sobre esse novo conceito? Então siga a leitura deste conteúdo com a gente! 

O que é Open X?

O Open X é o próximo passo das transformações do sistema financeiro depois do Open Banking e do Open Finance, marcado por ações mais eficientes de integração e troca entre as empresas.

Seguindo o principal objetivo do Open Banking, o novo conceito mantém a linha de plataforma aberta, que permite reunir soluções financeiras de diversas instituições.

Para entender o Open X de maneira mais clara, precisamos abordar outros temas que estão diretamente ligados entre si: o Open Banking, o Open Insurance e o Open APIs.

Cada um deles representa uma fase do processo de transformação do mercado antes do Open X, funcionando como uma peça para conectar esse grande ecossistema financeiro. 

Saiba mais sobre eles a seguir.

Open Banking

Na tradução para o português, Open Banking significa “Banco Aberto” e é exatamente esse o grande objetivo de todas as mudanças que vem acontecendo no mercado financeiro: criar uma plataforma aberta para troca de dados, serviços e produtos.

A proposta do conceito é o compartilhamento de informações dos usuários entre diferentes agentes financeiros. 

O processo é feito apenas com o consentimento dos clientes, seguindo a Lei Geral de Proteção de Dados, a LGPD

Uma vez compartilhados os dados, os usuários conseguem aproveitar diferentes soluções de maneira mais acessível e até migrar de um banco para outro com mais facilidade.

O Open Banking foi o primeiro passo para as mudanças e garante as regulamentações do sistema bancário aberto, servindo como um guia para as instituições.

Open Insurance

Para ampliar os horizontes do sistema bancário aberto, o Open Insurance trabalha especificamente com o mercado de seguros. 

O objetivo é estabelecer uma plataforma aberta de integração que permite a comunicação e o compartilhamento de dados entre as seguradoras.

Isso inclui também a troca de diferentes soluções financeiras com o propósito de disponibilizar ferramentas e facilitar a criação de novos produtos e serviços, mais eficientes, ágeis e acessíveis.

No mercado de seguros, essa proposta também é uma forma de desburocratizar e otimizar os processos, que costumam ser bem complexos para o usuário.

Com o compartilhamento de informações, empresas de todos os tamanhos podem identificar pontos de melhoria, ter insights importantes e criar soluções muito mais práticas.

Open APIs

O sistema de Open APIs é necessário para que todo o conceito de Open Banking seja aplicado na prática. 

Antes, vamos entender o que são as APIs. 

Sigla para Application Programming Interface, os APIs são exatamente o que a tradução do termo para o português nos revela: uma Interface de Programação de Aplicações.

Ou seja, são estruturas responsáveis por formar a interface de um sistema online. Com elas, é possível realizar a conexão entre diferentes plataformas operacionais, assim como o compartilhamento de dados.

O sistema de Open APIs (APIs abertos, na tradução) permite que qualquer desenvolvedor ou empresa acesse variadas estruturas de programação.

Isso facilita o processo de inovação e otimização de serviços financeiros.

Open X e a descentralização do mercado financeiro

Do Open Banking ao Open X, cada etapa de inovação tem o mesmo objetivo: construir um mercado financeiro muito mais integrado.

Com isso, a descentralização do setor acontece naturalmente, trazendo benefícios tanto para as instituições, como para os consumidores.

No sistema de banco aberto, vemos os usuários como foco das empresas, o que exige uma adaptação nos serviços, que tendem a se tornar cada vez mais humanizados, práticos e acessíveis. 

Esse processo abre espaço para instituições menores se desenvolverem, além de aumentar a competitividade do mercado e estimular a criação de novas soluções.

Tudo isso para oferecer plataformas cada vez mais eficientes para os usuários. 

Quais são as vantagens do Open X?

As mudanças do mercado financeiro são inegáveis e a inovação chega trazendo benefícios para empresas e usuários. Confira quais são eles a seguir.

Para os usuários

Lembra quando falamos que o foco do Open Finance está nos usuários? 

Trabalhar para aprimorar a experiência do consumidor é uma preocupação comum entre as empresas, que cresceu muito com a predominância do comércio eletrônico. 

Uma pesquisa realizada pela Econsultancy mostra que 74% dos negócios atuais acreditam que a experiência do usuário é a chave para aumentar as vendas.

Hoje, criar ações com essa finalidade já é uma tendência global e o setor financeiro vem se adaptando a ela. 

Neste contexto, veja os benefícios do Open X para os clientes:

Para as instituições

É claro que as instituições também se beneficiam com o Open X e a consolidação do sistema de banco aberto.

Ter um canal aberto com possibilidade de trocar experiências, informações e recursos, garante o desenvolvimento de produtos e serviços muito melhores.

Além de otimizar a experiência dos clientes, essa inovação também contribui para o crescimento da empresa, a melhoria de processos internos e a redução de custos operacionais.

Confira as vantagens do Open X para as organizações:

Como preparar sua empresa para o Open X?

Acompanhar toda a transformação trazida pelo sistema de banco aberto é fundamental para manter a competitividade e não perder espaço no mercado. 

Para isso, é importante contar com um parceiro especializado, como a Aarin Tech Fin.

A empresa é pioneira no serviço de softwares com foco em Open Finance e vai te ajudar a acompanhar o processo de inovação, aplicando soluções financeiras no seu negócio de maneira prática.

Transforme o seu negócio com o primeiro hub especializado em Open Finance no Brasil!

Conclusão

Como vimos ao longo deste conteúdo, o Open X é a evolução de todas as mudanças que vêm acontecendo desde que o conceito de Open Banking começou a ser implementado no Brasil.

Esse processo de inovação é muito vantajoso tanto para as empresas como para os usuários. E você, está acompanhando as transformações do mercado?

Sair da versão mobile